Por dentro do Movimento

Atividades

Formação e Reunião Geral

Após a adesão da Escola, com a nomeação de seus Docentes-Orientadores e inscrição dos estudantes participantes, será realizada uma Reunião Geral de planejamento e formação dos representantes (estudantes e docentes) de cada Escola.

 

Oficinas

Logo após a primeira Reunião Geral, iniciam-se em cada Escola as primeiras oficinas técnicas visando à preparação das equipes em educação socioambiental.

As oficinas atendem às categorias e segmentos da esfera ambiental em seus diversos enfoques e padrões, sendo essas estipuladas pela coordenação organizacional do Movimento. Normalmente são abordados temas específicos como água, energia, reciclagem, reaproveitamento, redução de consumo, alimentação saudável e as formas didáticas para a educação socioambiental.

 

Pegada ambiental

A avaliação da eficácia das atividades educativas em socioambientalismo em cada Escola será feita mediante a aplicação da técnica “Pegada Ambiental”. Esta técnica deriva do conceito de “Pegada Ecológica” desenvolvida pelos pesquisadores William Rees e Mathis Wackernagal, em 1995, que considera um sistema de indicadores para medir o consumo que fazemos dos recursos naturais para obter nossos bens e serviços e para absorver os resíduos que geramos.

Segundo a CEPAL (Comissão Econômica para a América Latina e Caribe), a Pegada Ecológica é considerada uma metodologia muito adequada quando se deseja avaliar a dinâmica de consumo sob a ótica da sustentabilidade, podendo ser usada para medir e gerenciar o uso de recursos através da economia.

No Movimento Ecos, a Pegada Ambiental foi desenvolvida pelo seu Grupo de Iniciação Científica para medir os consumos de água e energia, geração de resíduos, alimentação saudável e conforto ambiental nas escolas, além do grau de inserção de temas ambientais nos conteúdos programáticos desenvolvidos. Além do “raqueamento”, são concedidos às Escolas certificados “Bronze”, “Prata” e “Ouro”, conforme o desempenho na Pegada Ambiental.

 

Concursos

Para estimular a participação e qualificação das atividades do Ecos como também para promover o máximo desempenho escolar, o Movimento Ecos estimula a realização de atividades culturais, artísticas e musicais. Durante o ano, essas atividades são “pontuadas” pela Comissão Julgadora para configurar um “ranqueamento” a fim de premiar, no encerramento das atividades, os melhores desempenhos. As atividades e projetos a serem contempladas na premiação são divulgadas no edital publicado no mês de fevereiro de cada ano.

 

Dança de Rua

Como expressão artístico-musical, grupos de estudantes de cada Escola também podem concorrer na modalidade “Dança de Rua” (Street Dance), nas suas formas tradicionais, históricas e atuais, mesclando culturas locais e afrodescendentes. O tema da dança deve estar ligado à ecologia. Os grupos de dança concorrentes devem conter, no mínimo, dez e, no máximo, trinta integrantes. No mês de julho, serão selecionados os cinco melhores grupos que se apresentarão na Caminhada Ecológica (encerramento das atividades, no final do ano).

 

Garoto e Garota ECOS

Objetivando valorizar o trabalho dos alunos, especialmente no que tange à reciclagem de materiais descartáveis, foi criado o concurso garoto e garota Ecos. Essa atividade é realizada mediante edital próprio e os desfiles ocorrem sempre durante o encerramento do projeto socioambiental. A participação de cada escola é optativa e sua avaliação é feita em separado. O concurso pretende valorizar a desenvoltura e a criatividade de cada equipe e não a beleza dos participantes.

Mesmo não sendo tarefa obrigatória, o concurso vem atraindo cada vez mais interessados em participar, pois, além de ser um momento de descontração, a atividade mostra o quanto pode ser útil o lixo que é jogado fora diariamente.

Caminhada Ecológica

A caminhada ecológica realizada no final de cada ano é um dos momentos mais importantes do Movimento Ecos. Cada Escola participa com bandeiras, faixas, cartazes e outras alegorias alusivas ao trabalho desenvolvido durante todo o ano. Durante a Caminhada, é de livre iniciativa das escolas fazer apresentações musicais, fanfarras, coreografias, o que torna a caminhada ecológica uma verdadeira festa cívica, democrática e cidadã.

A alegria das manifestações são marcas que refletem o espírito de participação de cada Escola. A motivação de todos é direcionada para o mesmo objetivo que é a defesa do nosso Planeta Terra. A Caminhada Ecológica, além mostrar para a sociedade as atividades desenvolvidas pelas Escolas participantes do Movimento Ecos em prol do meio ambiente, constitui-se como um momento de confraternização e mobilização estudantil.

Em 2017 foi realizada a IV Caminhada Ecológica tendo como tema a sustentabilidade ambiental. Nessa caminhada, milhares de estudantes e professores partiram da Praça da Liberdade em direção à Praça da Assembleia Legislativa, onde houve desfiles, shows musicais e a entrega da premiação às equipes vencedoras do Projeto Socioambiental de 2017.