Seminário discute o pensamento filosófico na defesa da Justiça Ambiental

Pesquisadores do Direito Ambiental em Minas discutem na próxima sexta-feira na Dom Helder Escola de Direito, em Belo Horizonte, contribuições filosóficas para a criação de uma nova ética ambiental e uma nova prática jurídica sobre o meio ambiente. O seminário ‘Pensar uma Justiça Ambiental: contribuições filosóficas para um novo Direito Ambiental’ terá palestra com os professores Émilien Reis (Dom Helder), Marcelo Rocha (Dom Helder), Vinícius Thibau (Dom Helder), Edson Siqueira Jr. (FADILESTE) e Vânia Carvalho (UNIFAMINAS).
A organização do seminário é do Grupo de Pesquisa “Por uma Justiça Ambiental”, coordenado pelo Prof. Émilien Reis, do Grupo de Iniciação Científica “Filosofia do Ambiente e Direito Ambiental”, coordenado pelos Profs. Émilien Reis e Marcelo Rocha, e da Pró-Reitoria de Pesquisa da Dom Helder.  Serão atribuídas 4 horas de atividades complementares na área de pesquisa para os alunos da instituição. As palestras começam às 14h.

O seminário pretende apresentar e analisar os conceitos e princípios fundamentais da Filosofia do Ambiente ao longo da história, bem como a influência que as diversas tradições culturais, religiosas e áreas do saber exercem sobre a nossa maneira de nos relacionarmos com a natureza e o meio ambiente.

“O direito e a filosofia têm papéis fundamentais neste processo. O cuidado com a natureza é uma questão de sobreviver com dignidade, e isso passa pela efetivação de uma Justiça Ambiental que garanta e promova o respeito por todas as formas de vida”, afirma o professor  Marcelo Rocha.

Além da reflexão, o seminário também objetiva criar subsídios teóricos, apresentando e aproximando os fundamentos éticos, filosóficos e jurídicos dos grandes teóricos da filosofia da natureza e da teoria jurídica, capazes de propor uma nova ética ambiental e uma nova prática jurídica, contribuindo para o avanço do debate sobre a necessidade de uma Justiça Ambiental. “O reconhecimento do direito ao meio ambiente equilibrado, que é o pressuposto do direito à vida, deve ser interpretado de forma a conferir uma nova dimensão à ideia de Justiça, hoje inegavelmente ligada à devida tutela jurídica da biodiversidade”, completa.

Seminário Pensar uma Justiça Ambiental:

contribuições filosóficas para um novo Direito Ambiental
Dia: 05 de outubro de 2018
Hora: 14h
Local: Auditório da Dom Helder
Inscrições: pesquisadomhelder@gmail.com