Colômbia cria maior área protegida de sua Amazônia

A Colômbia criou a maior área protegida da sua Amazônia, no Parque de Chiribiquete, declarado no domingo Patrimônio da Humanidade pela Unesco.

O presidente Juan Manuel Santos anunciou nessa segunda-feira (2) a ampliação dos 2,7 milhões de hectares que conformavam o Parque Nacional Natural Serranía de Chiribiquete, para 4.268.095 hectares de área protegida.

“A importância desse parque nos obrigava a ir além e o ampliamos em 1,5 milhão de hectares. Agora está com quase 4,3 milhões de hectares. É a maior área protegida de toda a Amazônia”, afirmou Santos em uma mensagem enviada do sítio arqueológico Cerro Azul, localizado na Serranía de La Lindosa, onde está a reserva.

O presidente disse que com a ampliação, o parque fornecerá 60% da água para os rios da Amazônia colombiana.

“Antes da decisão que tomamos hoje (o fornecimento de água de Chiribiquete) era a metade, era de 31%”, detalhou Santos, acrescentando que as copas das árvores da reserva natural armazenam mais de 450 milhões de toneladas de carbono.

Chibiriquete é o maior parque natural da Colômbia e conserva um dos maiores exemplos de biodiversidade do planeta.

A extensão na superfície do parque, também chamado de Maloca del Jaguar, foi decretada depois que a Unesco o incluiu na lista de patrimônios da humanidade.

O presidente celebrou o reconhecimento e lembrou que em 2005 a organização mundial “tentou vir para Chibiriquete”, mas as autoridades não permitiram por razões de segurança, devido à presença de grupos armados nos territórios.

Em Chiribiquete, que abrange cinco municípios amazônicos nas regiões de Guaviare e Caquetá, habitam comunidades indígenas que o consideram “o centro natural do mundo”.

Santos chamou a reserva de um “território sagrado” e acrescentou que os nativos serão como “muros de contenção do parque porque são os melhores defensores da terra”.

O governo também assegurou que a ampliação das áreas protegidas permitirá “a conservação dessas culturas e sua relação com a natureza”.

Chibiriquete hospeda abriga os tepuis, grandes rochas de centenas de metros de altura e largura, com mais de 75.000 pinturas rupestres milenares.

AFP